Antigos e Antiguinhos

O acesso até as praias de Antigos e Antiguinhos é difícil e não há barracas de praia por lá, quase sem sombrinha para se refrescar do calor. Mas, selvagens e isoladas, elas são lindas. Estas duas enseadas, cercadas por montanhas verdes, têm areia fofa e águas cristalinas. No canto direito de Antiguinhos passam riachos de água doce, bons para tirar o sal do corpo. Não dá para chegar a estes dois paraísos de carro. Para acessá-los, só por trilha, a partir da praia do Sono – outra enseada que também vale uma visita – ou de barco, saindo da praia do Meio ou de Laranjeiras.

O acesso até as praias de Antigos e Antiguinhos é difícil e não há barracas de praia por lá, quase sem sombrinha para se refrescar do calor. Mas, selvagens e isoladas, elas são lindas. Estas duas enseadas, cercadas por montanhas verdes, têm areia fofa e águas cristalinas. No canto direito de Antiguinhos passam riachos de água doce, bons para tirar o sal do corpo. Não dá para chegar a estes dois paraísos de carro. Para acessá-los, só por trilha, a partir da praia do Sono – outra enseada que também vale uma visita – ou de barco, saindo da praia do Meio ou de Laranjeiras.


Lopes Mendes

Ilha Grande tem praias belíssimas, mas a grande queridinha dos turistas e moradores é Lopes Mendes. Pudera. Suas águas são cristalinas, com variações de tonalidades azul e verde, que ficam ainda mais vivas nos dias de sol. Ela é extensa, tem 3 km de areia fina, com amendoeiras na costa que oferecem sombra aos banhistas. Na alta temporada e feriados, ela fica um pouco mais movimentada e conta com alguns vendedores. No restante do ano, permanece tranquila. O acesso é por trilha, com cerca de duas horas de caminhada a partir da Vila de Abraão, ou, se preferir, por barcos.


José Gonçalves

A pequena e bem-preservada praia de José Gonçalves fica dentro da Reserva Ecológica das Emergências. Suas ondas fortes atraem os surfistas para o local. A orla estreita é contornada por pedras escuras arredondadas e costões verdes. Para matar a fome dos banhistas há só a rústica barraca do Ranieri, que oferece deliciosos pratos à base de frutos do mar.


Azeda e Azedinha

praia de águas límpidas de cor esverdeada como um limão (daí o nome Azeda) estão pertinho uma da outra. Suas águas são calminhas, boas para banho e mergulho. Cercadas por costões verdes, em suas estreitas faixas de areias brancas há barracas que abastecem os turistas com drinques e quitutes. O acesso à praia Azeda é por uma rua calçada a partir da Praia dos Ossos. No canto direito, há uma pequena trilha para a Azedinha.


Grumari

É uma praia ampla, com 2,8 km de extensão, o contraste com o lindo mar azulado e a mata verde encantam, ondas de três metros de altura atraem os turistas. No canto esquerdo tem a Abrecó, frequentada por naturistas.


Dois Rios

Em cada uma das extremidades desta praia de areia branca corre um riacho de água doce, daí o nome Dois Rios. Este belo local de mata preservada já abrigou o presídio Cândido Mendes, implodido em 1994, do qual restam apenas ruínas. Hoje, a praia conta com uma sede de estudos avançados da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Praia do Farol

Localizada na Ilha do Farol, a praia é considerada uma das joias de Arraial do Cabo. Afinal, difícil não se encantar por suas águas geladas de cor azulada e areia branquinha, emoldurada por dunas e morros verdes. Um estudo do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) a considerou a praia mais perfeita do Brasil. O acesso a ela, no entanto, só por barcos autorizados, já que a ilha é controlada pela Marinha.


Prainha

Na Barra da Tijuca, protegida pela Mata Atlântica, a Prainha tem 700 metros de extensão,
cercada por dois morros verdes. Com boas ondas e é a praia preferida dos surfistas,
ela é muito bem preservada.


Praia do Pontal

Areia bem branquinha, separadas por rochas, se tornam uma enseada só quando a maré está cheia. Suas águas têm tonalidade azul e são cristalinas como uma piscina, boas para quem quer mergulhar. Das areias, os banhistas têm vista para a Ilha do Farol. Para quem quiser visitá-las, o acesso é por uma escadaria íngreme a partir do Morro do Atalaia ou por barco.

 

 

Sobre o autor

Alan Luz

Uma pessoa de bem com a vida, que ama a natureza e todos os seus elementos. AMO viajar e conhecer pessoas. Eu sou aquele cara que voc?? pode contar, a toda hora e todo momento. Vamos com a TRIPEI!

Deixe sua opinião sobre este post

Seu endereço de email não será publicado.